Sem um planejamento estratégico, uma empresa de pequeno porte perde a direção do sucesso. Crie um plano, defina metas, avalie resultados e mais. Confira 9 passos para fazer um planejamento estratégico para seu negócio.

 Muitos empreendedores subestimam o poder de um planejamento estratégico e acabam não fazendo um para seu pequeno negócio, muitas vezes, por acharem que esse tipo de ferramenta só é feito para empresas de grande porte ou por acharem que isso não é algo urgente ou prioritário em meio a uma agenda com diversas ações, urgências e preocupações.

O planejamento estratégico é uma necessidade, caso você queira trabalhar de maneira inteligente e eficaz, com a intenção de que seu negócio evolua e cresça.

Seja em um momento de crescimento da empresa ou quando está entrando no mercado, seu negócio não pode desperdiçar recursos. Com o planejamento estratégico você pode adquirir orientação para que se mantenha no caminho certo para atingir os seus objetivos e não se percam em oportunidades que estão fora de seus objetivos.

Um planejamento estratégico feito para empresas de pequeno porte não precisa ser tão detalhado quanto um para empresas de grande porte, porém, ele deve deixar claro o que deseja ser realizado e como essa meta será realizada.

Mostraremos 9 passos que você pode considerar para montar o planejamento estratégico ideal para seu negócio.

1. Elimine Distrações

Com a pressão do dia-a-dia de sua empresa, devido a urgências e preocupações administrativo e andamento das atividades do negócio, muitas vezes o planejamento estratégico é deixado de lado e ignorado.

Sair do ambiente de trabalho é uma dica interessante para que possa se manter o foco nele e evitar distrações. Caso a saída não seja possível, seria ideal deixar algum momento do dia reservados para isso.

2. Envolver a Equipe

Trazer seus colaboradores para ajudar no planejamento é uma ótima forma de ter mais pontos de vistas e envolver a equipe para uma discussão aberta focada no benefício da empresa. Isso trará muitos benefícios na hora da execução do planejamento.

Junte as pessoas que você acredita serem líderes ou estratégicos e faça reuniões com eles durante a criação do planejamento.

3. Definir a Empresa

Saiba quem você é, definindo a visão, missão e valores da empresa para colocar o seu negócio em um caminho dentro do planejamento estratégico.

  •         Visão (pelo que sua empresa quer ser reconhecida?)

Podemos entender a visão da empresa como o caminho que ela pretende percorrer, o que a empresa espera ser em médio e longo prazo e como ela espera ser reconhecida.

  •         Missão (por que sua empresa existe?)

Na missão da empresa, deve ser detalhado a razão de ser da empresa, frisar o que a empresa produz ou seus serviços e sua previsão de conquistas.

  •         Valores ou Princípios (quais suas principais crenças e princípios orientadores?)

Em valores da empresa deve ser mostrado os princípios que guiam a empresa, tanto para atingir seus objetivos quanto para atender a necessidade de todos.

4. Situação Atual

Para criar uma projeção de metas e objetivos para um planejamento estratégico, você deve entender a situação atual de sua empresa.

Uma forma interessante de você entender como está a situação atual do seu negócio é utilizar a análise SWOT. Utilizando esse método, pode ser identificado os pontos fortes da empresa, aqueles que te dão vantagens sobre concorrentes, pontos fracos, o que a empresa não faz bem ou poderia ser melhorado, oportunidades, situações não exploradas por sua empresa e nem por concorrentes, e ameaças, situações com capacidade de prejudicar sua empresa.

Com esse exercício você terá uma análise da sua empresa com fatores internos e externos, além de identificar o que pode ajudar ou atrapalhar a execução de seu planejamento.

5. Metas de Longo e Curto Prazo

Podem ser criadas diversos tipos de metas, tanto para curto quanto para longo prazo. Essas metas podem ser sobre lançamento de produtos e/ou serviços, aquisição de clientes, expansão para novos mercados, aumentou de lucrou, aumento de visibilidade ou qualquer outra coisa que você acredite que seja importante para o crescimento da empresa.

Lembrando que você pode ter objetivos ambiciosos, que podem ser desafiadores e inspiradores a sua equipe, mas que não sejam inalcançáveis, pois o efeito pode não ser positivo.

Uma maneira simples de desenvolver os objetivos dentro do planejamento estratégico é usa a técnica de Objetivos SMART.

  •         Specific (específico)

Definir uma meta específica de forma detalhada. Não adianta dizer apenas aumentar os lucros, deve dizer aumentar os lucros vendendo o que? Onde? Para quem?

  •         Mensurable (mensurável)

Definir uma métrica a ser atingida e demonstrar como seu objetivo pode ser mensurável.

  •         Achievable (atingível)

Demonstrar que seu objetivo pode ser atingido.

  •         Relevant (relevante)

Demonstrar os benefícios que alcançar aquele objetivo pode trazer para a empresa.

  •         Time Based (temporal)

Definir em quanto tempo a empresa pretende alcançar aquele objetivo.

6. Criar um Plano

Após a definição de objetivos, você precisa descrever as estratégias, técnicas e táticas que serão usadas para alcançá-los. Deve-se identificar os recursos que serão necessários para a execução da estratégia, tais com equipe, fornecedores, instalações, equipamentos, estoques e o que mais achar necessário. Não esqueça de verificar também a parte financeira, fazendo levantamento de custos e impacto nas receitas.

7. Execução

Não adianta o plano ser muito bem elaborado e na hora de executá-lo, ele ser esquecido e arquivado. Para evitar problemas de execução de seu plano, é interessante adicionar um plano de ação ao planejamento estratégico contendo as tarefas, responsabilidades e cronogramas específicos para os seus colaboradores possam ter um caminho para auxiliá-los nos objetivos do planejamento estratégico.

8. Plano Flexível

O mercado, a economia e a sociedade podem sofrer mudanças que você não tem condições de controlar ou prever. Não se mantenha preso ao plano independente do que acontecer ao ambiente externo de seu negócio.

Se mantenha flexível para ajustar sua estratégia ou buscar novas oportunidades, caso haja alterações sobre situações em que você não tem controle, ajuste-as mantendo o foco em seus objetivos a longo prazo.

9. Indicadores de Desempenho

Os Key performance Indicators (KPI) é uma técnica que usa métricas para indicar como está o desempenho sobre o objetivo definido.

Acompanhe e analise esses indicadores de desempenho, as informações nele indicam o andamento da execução de seu planejamento está sendo eficaz. Esses resultados são fundamentais para sua estratégia.

 

Independentemente do tamanho ou do setor da sua empresa, o planejamento estratégico pode auxiliar ou orientar nas suas decisões para alcançar os objetivos da empresa mantendo na visão, missão e valores da empresa.