A implementação de um programa de estágio pode ser uma excelente oportunidade para empresa desenvolver jovens talentos, porém essa experiência deve ser em benefício das duas partes, positiva para a experiência do jovem talento e positiva para o desenvolvimento de um profissional pronto com a cultura da empresa.

Implementar um programa de estágio não é apenas contratar um iniciante e colocá-lo em seu posto de trabalho, um programa de estágio sério demanda um planejamento para um programa bem estruturado e aproveitar todo potencial desse estudante.

Em muitos casos, os estudantes estão vivenciando seus primeiros momentos dentro do mercado de trabalho, com isso, fica mais fácil da empresa poder moldar de acordo com o clima e cultura da organização. Além disso, esse estudante pode trazer inovações difundidas na instituição de ensino e vontade de colocar na prática seus conhecimentos.

 

  • O que é um programa de estágio?

Um programa de estágio é um conjunto de procedimentos planejados, pela empresa, para otimizar o procedimento de contratação de estudantes como estagiários com o objetivo de oferecer capacitação, desafios e desenvolvimento desse estudante como profissional dentro da organização, colocando seu conhecimento teórico em prática.

É importante que as etapas do programa sejam bem planejadas desde a contratação até a supervisão e avaliação desse estagiário durante todo seu estágio. Um bom planejamento traz maior possibilidade de desenvolvimento desse estudante aos moldes da cultura da empresa e assim aumentando a possibilidade da efetivação desse profissional.

 

  • Implantando um programa de estágio.

 

  1. Defina a equipe responsável pelo projeto

Para começar o planejamento, deve ser definida a equipe que irá estar diretamente ligada ao programa. A definição do responsável é muito importante, pois além de responsável essa pessoa irá agir como “mentor” e será para ela que o estagiário irá conversar para tirar potenciais dúvidas e procurar orientação quando necessário.

Muitas empresas não definem equipes e apenas “jogam” o estagiário em sua função, sem qualquer tipo de orientação e isso é um grande desperdício de talento que pode ser desenvolvido para o benefício da organização.

Para não perder esse talento é importante que além da equipe, principalmente, esse responsável tenha conhecimento sobre os processos da empresa, conhecimento técnico sobre a área de atuação do estagiário e ter paciência de ensinar e orientar.

 

  1. Definir perfil de vaga

A definição do perfil do estagiário desejado deve ser feita a partir de reunião entre os membros da equipe que participará do programa de estágio para traçar o perfil.

Apesar de não ser uma contratação para vaga de emprego é importante que o perfil seja similar a outros perfis já incluso na organização.

 

  1. O processo de recrutamento e seleção

Com o perfil da vaga definido é o momento de definir como será feita o recrutamento e seleção para o programa de estágio. Deve ser decido quais serão as formas de avaliação dos candidatos, por exemplo, forma de entrevista, testes, dinâmicas de grupo ou outros meios.

Deve ser criado um tipo de roteiro para os testes que forem utilizados para analisar os candidatos, sempre lembrando que eles são candidatos na maioria das vezes inexperientes.

 

  1. Processo de contratação

Com a definição de como será o processo de recrutamento vem a divulgação da vaga e a chegada de diversos currículos. Em muitos casos a quantidade de currículos que chegam é enorme deixando a triagem desses candidatos muito demorada, porém com o perfil da vaga bem definido fica mais fácil eliminar os currículos que não estão dentro do perfil. Outra ferramenta que pode auxiliar nesse momento é um software de recrutamento onde os currículos são enviados a um banco de dados que facilmente pode ser filtrado para encontrar os candidatos mais compatíveis ao perfil definido.

Com os candidatos selecionados o processo de recrutamento vai para sua próxima fase que é ter contato com esses candidatos para uma melhor avaliação sobre o que não é possível ser identificado pelo currículo.

Com testes e dinâmicas de grupo é possível identificar vários aspectos comportamentais, como por exemplo como atua trabalhando em equipe ou se há perfil de liderança, e conhecimento técnico dependendo de como for o teste.

A entrevista com o candidato é uma das etapas mais importantes durante um processo seletivo para se ter maior noção sobre o candidato e poder fazer a escolha correta do candidato ideal para a vaga.

 

  1. Onboarding do estagiário

Após a conclusão do processo seletivo e devida contratação do estagiário, o mesmo deve passar pelo processo de onboarding (integração) na empresa como é feita na contratação de qualquer novo colaborador da organização.

Esse processo de onboarding é muito importante para qualquer colaborador em qualquer função e acaba sendo mais importante ainda para um estagiário por ser, na maioria das vezes, alguém novo no mercado de trabalho.

 

  1. Monitoração de desempenho

Mesmo que haja uma diferença de exigência e experiência entre estagiários e colaboradores, não quer dizer que o estagiário deva ficar sem monitoramento e supervisão. É importante que ele tenha tarefas e metas a serem cumpridas.

Também é recomendado proporcionar feedbacks regularmente aos estagiários, destacando pontos positivos e negativos para que seja corrigido possíveis erros do estagiário.

 

  • Benefícios de contratar um estagiário

 

A maioria é da geração Y

Estando dentro da geração da era digital, os jovens dessa geração estão mudando o mercado de trabalho, sempre buscando formas novas e melhores de fazer suas atividades.

 

Redução de custos

Na parte financeira, a empresa conta com menos burocracia e isenção de encargos ao contratar um estagiário. Este é um fator muito atrativo, principalmente para as pequenas e médias empresas que desejam investir em suas equipes em médio ou longo prazo.

 

Profissional proativo

Estagiário é alguém que está completamente disposto a aprender e a colocar em prática todo o conhecimento que vem adquirindo com seus estudos escolares ou universitários.

 

Formar e captar talentos

Esta é uma oportunidade única para empresa ter em sua equipe um profissional de extremo potencial que poderá ser treinado de acordo com a cultura e visão da empresa, o qual poderá se tornar uma peça-chave para o negócio depois de formado.

Um jovem estudante que está em busca de uma oportunidade de estágio e em um segundo momento uma possível efetivação na empresa. Ele vai se dedicar ao máximo para fazer um bom trabalho e se adaptar, da melhor maneira possível, à cultura da empresa que lhe contratou. É por isso que, por ainda estar em processo de formação, enquanto pessoa e profissional, o estagiário é um talento a ser desenvolvido. Isso acontece, pois se trata de alguém que ainda não tem vícios profissionais e tem flexibilidade para aprender e atender as necessidades e características que a empresa deseja desenvolver em seus colaboradores.

Oportunidade de Inovação

De um modo geral, a contratação de estagiários permite a renovação criativa dentro da cadeia produtiva do seu negócio. É claro que o estagiário está na sua organização para aprender e aprimorar os seus conhecimentos. Mas esses profissionais também podem levar o conhecimento acerca de novas tecnologias, métodos e processos para sua empresa, já que ele acabou de absorver isso recentemente na faculdade, curso técnico ou em seus estudos pessoais.

Muitas vezes é no estágio que o estudante descobre áreas de maior afinidade, habilidades que até então não conhecia e até mesmo um perfil de liderança. Isso significa que, além de contar com alguém para ajudar nas atividades do dia a dia, ter um estagiário por perto também estimula colegas e superiores a ensinarem e compartilharem conhecimento.

 

Visibilidade da empresa no mercado

Empresas que investem na contratação de estagiários passam a ser bem vistas pelo mercado no qual atuam. Isso ocorre devido à abertura de oportunidades para a formação prática de futuros profissionais, algo que beneficia a sociedade de modo geral.