Cada indivíduo é diferente do outro. A cultura, criação e comportamento é única e assim gerando um conjunto de características de formam a personalidade e comportamento de cada um.

Geralmente as pessoas apresentam mais de um perfil, porém há sempre aquele que é dominante na vida do indivíduo. Entender o próprio e outros perfis comportamentais, ajuda a respeitar as diferenças, que é fundamental para convivência, e também pode ser um diferencial para desenvolver e potencializar suas habilidades.

Então vamos falar mais nessa postagem sobre o que é perfil comportamental e seus tipos.

 

  • O que é perfil comportamental?

De acordo com o dicionário, comportamento significa “procedimento de alguém face a estímulos sociais ou a sentimentos e necessidades íntimos ou uma combinação de ambos.”, ou seja, perfil comportamental é compreender e identificar quais são as ações do indivíduo de acordo com estímulos em situações específicas. Cada um reage de forma diferente para cada situação.

Por exemplo: existem profissionais que trabalham melhor em grupo e sendo mais produtivo estando sobre pressão, existem também aqueles profissionais que são mais individuais e trabalhando com calma entregando seu serviço de forma antecipada. Cada um tem seu perfil comportamental.

  • Os 4 perfis comportamentais

Basicamente, existem quatro perfis: comunicador, executor, planejador e analista. Entre eles há várias combinações possíveis de predominâncias de diferentes níveis para os perfis.

Comunicador

Os comunicadores são extrovertidos, falantes, ativos e não apreciam monotonias, mas têm boa capacidade adaptativa. Esse tipo de perfil tem aptidão na comunicação e passa de um assunto a outro com rapidez. Além disso, gosta de trabalhos que envolvam movimentação e autonomia. Outra característica é serem altamente otimistas e positivos em relação aos resultados a serem alcançados.

No que se refere aos colegas, é um indivíduo de bons relacionamentos, e costuma influenciar outras pessoas rapidamente e contagiá-las com seu ponto de vista favorável.

A pessoa com esse perfil ainda é bastante aberta e receptiva ao trabalho. Os comunicadores atuam em equipe, costumam unir as pessoas ao seu redor e apaziguar o ambiente quando há conflitos.

 

Executores

Os executores são ativos, otimistas e dinâmicos. Líderes natos, não têm medo de assumir riscos e de enfrentar desafios. Além disso, são trabalhadores, eles tendem a ter uma enorme disposição física, e demonstrando muita determinação e perseverança.

Defendendo sempre seus pontos de vista, os executores são bastante corajosos, mas também podem ser ditatoriais e autoritários. O executor consegue contornar os desafios e tornar realidade o que for preciso. Para isso, também demonstra elevada autoconfiança, além de ser objetivo, determinado e focado em resultados.

Planejadores

Os planejadores são calmos, tranquilos, cuidadosos e tendem a ser autocontrolados. Gostam de rotina e atuam em conformidade com normas e regras estabelecidas, por isso, sentem-se bem quando estão acompanhados de pessoas mais ativas e dinâmicas. Além disso, são flexíveis, seu caráter e ritmo são constantes e disciplinados. Ainda, são pacientes, observadores e passivos.

Gostam de ajudar as outras pessoas e, por isso, tendem a trabalhar bem em equipe. São pacientes e não apresentam altos e baixos nas suas atividades. Com suas características, esse profissional é de fácil convivência e bastante confiável. Sempre evita conflitos diretos e costuma ter um bom senso de justiça.

Analistas

Os analistas são preocupados, rígidos, porém, calmos. Seu comportamento com as pessoas é discreto. Geralmente, são indivíduos calados e retraídos. São pessoas com a capacidade de controlar rotinas repetitivas e processos executados diariamente. Também adoram mapear, analisar e aperfeiçoar fluxos de trabalho para garantir que tudo seja realizado da melhor maneira possível.

  • Qual a importância de saber o perfil comportamental?

Conhecer o perfil comportamental pode trazer benefícios tanto para o profissional, quanto para a empresa.

Para a empresa:

A empresa que compreende os perfis dos seus profissionais fica ciente dos potenciais e talentos que estão a sua disposição. Com esse diagnóstico, a gestão pode alocar cada profissional para cargos e setores adequados e traçar estratégias que visem o aumento de produtividade da equipe.

Além disso é possível reduzir turnover, melhora em procedimentos operacionais, identificação de necessidade de capacitações e treinamento.

Para o profissional:

Saber o perfil comportamental ajuda o profissional a entender como ele próprio age, fortalecer sua autoestima e assim potencializar suas habilidades e diferenciais, destacando suas competências.

  • Como identificar o perfil comportamental?

Como já dissemos, cada pessoa é diferente da outra e ninguém tem apenas um perfil comportamental. Existem várias formas com testes e entrevistas para se identificar o perfil comportamental de cada um, aqui citaremos alguns métodos para isso.

Teste de comportamento

O principal objetivo de testes comportamentais é trazer autoconhecimento e autoavaliação da atual situação do profissional. Existem diversas formas desse teste ser aplicado e construído, podendo ser adaptado de acordo com a necessidade da ocasião.

Por ser tão adaptável os testes podem conter perguntas subjetivas ou objetivas e aplicados de várias formas, como por exemplo: entrevista, teste online, dinâmica de grupo, simulação e outras técnicas usadas pelos recursos humanos.

Entrevista comportamental STAR

A metodologia STAR tenta identificar como um profissional lida com exemplos de situações específicas e concretas em seu âmbito profissional.

STAR é uma sigla e cada letra tem um significado, são eles:

S – Situação

T – Tarefa

A – Ação

R – Resultado

Toda resposta deve passar por cada letra. Todas as situações verificadas pela metodologia STAR demonstram bem qual é o comportamento do indivíduo.

Análise comportamental DISC

Essa metodologia usa um questionário de perguntas objetivas. O questionário é aplicado com perguntas diretas que contêm diferentes alternativas e a análise é feita com base nas respostas aplicadas.

O propósito é descobrir o modelo mental da pessoa, isto é, como ela pensa e age. Assim, é possível fortalecer a autoestima, destacar as competências de liderança, potencializar diferenciais e habilidades, reduzir as falhas e aperfeiçoar os resultados alcançados.

A metodologia leva esse nome por afirmar que existem quatro traços básicos de comportamento nas pessoas:

D – Dominância

I – Influência

S – eStabilidade

C – Complacência

Esse método é considerado como um dos mais precisos para diagnosticar as potencialidades profissionais.

Observação de atitudes dos profissionais

Essa análise geralmente e feita dentro de empresas. A análise de como os profissionais se portam no ambiente de trabalho é uma forma bastante precisa de saber qual é seu perfil.

Tenha em mente que algumas características nem sempre serão evidenciadas na entrevista ou em testes comportamentais. Nesses casos, a avaliação do cotidiano é a melhor ferramenta, porque indica quem trabalha melhor sob pressão, quem é mais organizado ou quem planeja com antecedência e assim por diante.