Muitas pessoas já viram ou ouviram falar de algumas siglas, no mercado de trabalho ou em grandes empresas, como CEO, CFO, CMO, CSO, COO… E é muito provável que alguns até saibam o significado de algumas dessas siglas. Porém, você sabe diferenciar exatamente cada uma dessas letras e as funções, responsabilidades e cargos a quais elas se referem?

Algumas dessas siglas ainda estão chegando e aos poucos se tornando mais comuns no Brasil. Essas siglas são classificadas como “Nível-C”. Sendo CEO a sigla mais comum desse grupo, muitos, provavelmente, já conhecem seu significado, mas esse grupo de siglas é muito extenso e podendo, suas variações, serem desconhecidas. Além do CEO, as outras siglas são dadas a cargos de profissionais essenciais para algumas empresas, especialmente aquelas de grande porte e com estruturas hierárquicas bem verticalizadas.

O fato dessas siglas serem em inglês pode gerar também confusão e dificuldade de fixação por parte de profissionais aqui do Brasil, porém a inglês deixou de ser diferencial e se tornou obrigação.

 

  • O que é “Nível-C”?

Essas nomenclaturas representam o chamado “nível-C” (em inglês C-Level ou C-Suite), em função da primeira letra destas siglas ser o “C”, que significa a palavra “chefe”. O significado completo em inglês é “Chief ____ Officer”, com o espaço em branco representando a área da empresa que a pessoa dirige.

Elas tornaram-se bastante comuns quando o assunto são diretores de grandes empresas. Cada uma designa um cargo distinto, então quando se deparar com alguém com um cargo que tenha essas siglas, saiba que se trata da chefia de determinada área de uma empresa.

 

  • As principais siglas do “Nível-C”

Mostraremos agora as principais siglas do “Nível-C” com suas principais responsabilidades.

 

– CEO (Chief Executive Officer)

O Diretor Executivo (ou Diretor Geral) é o cargo que está no topo da hierarquia organizacional de uma empresa. Pode ser considerado também o “chefão” de uma empresa, mas deve sempre responder ao quadro de acionistas. Este é o cargo máximo que muitos profissionais gostariam de alcançar. Geralmente é o CEO que estampa a capa das revistas e os sites de notícias, mas também é ele quem assume as responsabilidades caso a empresa não esteja com uma performance muito boa.

Entre suas responsabilidades estão:

  • Gestão da empresa e de outros executivos e líderes dentro da organização

  • Criação, comunicação e implementação da visão da empresa

  • Intermediar a comunicação com os acionistas

  • Formulação e implementação do plano estratégico para guiar o negócio

  • Atração e retenção de novos talentos

  • Tomada das mais importantes decisões corporativas

 

– COO (Chief Operating Officer)

O Diretor de Operações é considerado uma espécie de braço direito do CEO, que coordena mais de perto as rotinas de uma companhia. É comum acontecer de o Direto de Operações vir a ser o próximo CEO, em caso de em algum caso o CEO deixar de exercer suas funções.

Entre suas responsabilidades estão:

  • Ajudar e aconselhar o CEO em suas atividades e obrigações

  • Liderar equipes de diversas áreas

  • Cuidar do controle de qualidade dos produtos e serviços oferecidos pela empresa

  • Implementar o plano estratégico da companhia

 

– CFO (Chief Financial Officer)

Também conhecido como Diretor Financeiro, é o profissional com a responsabilidade de gerir e comandar o planejamento financeiro de uma organização. Comanda as finanças da empresa e controla as metas, objetivos e orçamentos. Cuidam dos investimentos, além de supervisionar o capital da companhia. Pode-se dizer que é ele quem dá a cartada final para as decisões envolvendo o dinheiro, o que é decido junto com o CEO.

Entre suas responsabilidades estão:

  • Garantir a eficiente gestão financeira dos recursos

  • Analisar e sugerir investimentos

  • Cortar, aplicar e definir orçamentos para os setores

  • Administrar o capital de giro

  • Apresentar o orçamento a ser aplicado dentro da organização

 

– CHRO (Chief Human Resources Officer)

O CHRO, ou Diretor de Recursos Humanos, é o profissional que dirige as ações voltadas à gestão de pessoas e, em alguns casos, a comunicação interna da organização. Muitos se enquadram nessa categoria, mas não se autodenominam dessa forma por não se tratar de um cargo efetivamente executivo.

Entre suas responsabilidades estão:

  • Atração e retenção de talentos

  • Criação e implementação de políticas para benefício dos colaboradores

  • Processo de contratação e desligamentos

  • Implementação de um bom relacionamento entre colaboradores

 

– CMO (Chief Marketing Officer)

O Diretor de Marketing é o profissional responsável por coordenar e administrar todas as ações relacionadas ao marketing da empresa. Trata-se de um cargo bastante presente em agências de publicidade, já que é um ramo que lida muito com campanhas de comunicação.

Entre suas responsabilidades estão:

  • Pensar em planos de marketing da organização

  • Gerenciar verbas para as campanhas

  • Recrutar e gerenciar equipes de marketing

  • Mensurar e analisar o retorno de ações de marketing

 

– CIO (Chief Information Officer)

O Gerente de TI ou Diretor de TI é responsável por toda a parte de informática da empresa. Esse é o profissional que tem a responsabilidade sobre o uso correto das informações digitais dentro da organização, bem como a organização e implementação de políticas relacionadas a utilização desses dados.

Entre suas responsabilidades estão:

  • Elevar o potencial do setor de TI

  • Supervisionar e implementar novos processos e produtos de TI

  • Administrar os recursos de TI

 

– CTO (Chief Technical Officer)

O Diretor Técnico ou Diretor-Chefe de Tecnologia, mais presente em empresas da área de TI e indústrias, é o responsável por dirigir as ações tecnológicas ou científicas da empresa. Trata-se de um cargo que pode gerar um pouco de confusão quando associado ao CIO.

Entre suas responsabilidades estão:

  • Analisar e atender as necessidades tecnológicas da organização

  • Coordenar as equipes de suporte

  • Documentar processos da área de TI

  • Implementar projetos e planos de tecnologia dentro da empresa

 

– CISO (Chief Information Security Officer)

Assim como o CTO, o Diretor de Segurança de Informação é um profissional que geralmente é confundido com o CIO. Isso porque esses três cargos, de uma forma ou de outra, acabam trabalhando com tecnologia. Porém, o foco do CSO é totalmente voltado para a segurança tecnológica da empresa.

  • Entre suas responsabilidades estão:

  • Criar e implementar políticas de segurança de dados

  • Incentivar boas práticas de segurança

  • Prevenir e remediar ações que promovam a instabilidade tecnológicas

– CLO (Chief Legal Officer)

O Diretor Jurídico é o profissional responsável por proteger legalmente a empresa e garantir que as estratégias da organização atendam a todas as questões jurídicas. Trata-se de um cargo um pouco mais raro nas companhias, mas extremamente importante em alguns setores.

Entre suas responsabilidades estão:

  • Fornecer amparo jurídico a organização

  • Definir as estruturas legais a serem seguidas nas estratégias

  • Defender a empresa em disputas judiciais

  • Orientar a empresa em questões jurídicas